O que aprendi nos 26 anos na manutenção de aeronaves

Saiba como a experiência de um mecânico veterano da manutenção de aeronaves irá ajudar você a não cometer erros que muitos novos profissionais cometem.

Evandro Carlos Ferreira é Formado em Técnico em Eletrônica pelo Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo e no Curso Técnico em Manutenção Aeronáutica pela AERO TD, com as habilitações, nos Grupos: Motopropulsor, Célula e Aviônicos. Evandro já contabiliza 26 anos de experiência em manutenção de aeronaves.

Trabalhou na Varig, Rio-Sul, Transbrasil e atualmente é Coordenador Regional da Gol linhas Aéreas.

Evandro Ferreira ministrou cursos práticos e de liderança na empresa em que trabalha e trabalhou durante seis anos como professor da AERO TD na formação de Técnicos em Manutenção Aeronáutica.

O blog Decole Seu Futuro conversou com Evandro que falou sobre a sua trajetória e aponta dicas valiosas sobre como ingressar na profissão.

Evandro Ferreira

Decole Seu Futuro: Como era a manutenção quando você começou?

Evandro Ferreira: Comecei na aviação em 1989. Naquela época não existia tanto a cobrança das carteiras, eu por exemplo, não tinha nenhuma delas, apenas o curso de Técnico em Eletrônica. Nessa época, as auditorias da ANAC eram mais voltadas para o serviço executado e não se cobrava tanto a documentação técnica, hoje em dia a documentação é muito mais cobrada, portanto ter as carteiras é fundamental.

Decole Seu Futuro: O que foi importante para manter a empregabilidade em alta?

Evandro Ferreira: Bom, com o passar dos anos notei que a tendência era ter as carteiras e então comecei a tirá-las, hoje tenho as três (GMP, CEL e AVI). Logo após, percebi que quem sabia ler e escrever bem o inglês técnico se destacava e então me dediquei a este tema, quando passei a exercer cargos de liderança senti na pele a diferença entre fazer um trabalho e “mandar” alguém fazê-lo, vi que era necessário desenvolver outras habilidades mais voltadas ao fator humano e administração, foi então que fiz meu Curso Superior de Tecnologia no Transporte Aéreo também na AERO TD.

evandro-montagem

Acredito que o grande diferencial do ser humano é a capacidade de se adaptar e se preparar para as mudanças, hoje a profissão do Técnico de Manutenção está passando por uma grande transformação e mais do que nunca estar preparado é fundamental, seja para aproveitar uma oportunidade de contratação, promoção ou mesmo manter seu emprego.

 

" Hoje a profissão do Técnico de Manutenção está passando por uma grande transformação e mais do que nunca, estar preparado é fundamental, seja para aproveitar uma oportunidade de contratação, promoção ou mesmo manter seu emprego. "

Decole Seu Futuro: Como você enfrenta as crises que acontecem na aviação desde que você iniciou sua carreira?

Evandro Ferreira:  Estou na aviação a mais de 26 anos e neste período tive a honra de trabalhar em grandes empresas como a Varig, Rio Sul, Transbrasil e a Gol.

Em todas elas passei por períodos bons e ruins, peguei o final da época dourada da Varig, e o fim da Transbrasil; a aviação é cíclica como tudo na vida e sempre terá essas épocas boas ou de crise.

No meu caso sempre procurei investir em minha carreira através de cursos, tentando ser sempre proativo e antecipando o que minha liderança esperava de mim, não é fácil, mas é o caminho certo.

Mantenha a humildade e nunca fique esperando te mandarem fazer as coisas; se antecipe e se destaque, mostre que você soma à equipe e é capaz de desenvolver o hábito de ter bons relacionamentos interpessoais. Acho isso muito importante!

Muitas vezes aquele profissional novinho que trabalha hoje com você e precisa da sua ajuda, poderá ser seu chefe no futuro. Então acredito que devemos tratar todos de forma igual.

 

" Muitas vezes aquele profissional novinho que trabalha hoje com você e precisa da sua ajuda, poderá ser seu chefe no futuro. Então acredito que devemos tratar todos de forma igual. "

 

Acredito que o grande diferencial do ser humano é a capacidade de se adaptar e se preparar para as mudanças, hoje a profissão do Técnico de Manutenção está passando por uma grande transformação e mais do que nunca estar preparado é fundamental, seja para aproveitar uma oportunidade de contratação, promoção ou mesmo manter seu emprego.

Decole Seu Futuro: Para você profissional de “26” anos, o que é necessário para ser um mecânico de aeronaves completo?

Evandro Ferreira: As empresas procuram hoje profissionais que tenham Conhecimento, habilidade e atitude, o profissional completo tem esses três elementos, porém não é fácil obtê-los.

O conhecimento virá dos cursos que você faz em busca da sua formação (para tirar as três carteiras); os de especialização: como os de operação e Manutenção em Motores, Pesquisa de Panes, Inspeção Boroscópica, Inglês Técnico, etc.

Já a habilidade, esta virá com a prática e é nessa hora que você precisa estar trabalhando ou ter feito ao menos um bom estágio para saber no mínimo o uso das ferramentas.

A atitude do profissional, para mim, é a mais importante de todas e será ela o fator determinante na hora de uma contratação, promoção ou mesmo desligamento.

Na minha opinião, ter atitude é não ficar esperando as coisas acontecerem ou colocar a culpa de tudo em fatores externos (crise, dinheiro, tempo, etc.) e sim saber que seu futuro e até mesmo o seu presente dependem somente de você.

 

" Na minha opinião, ter atitude é não ficar esperando as coisas acontecerem ou colocar a culpa de tudo em fatores externos (crise, dinheiro, tempo, etc.) e sim saber que seu futuro e até mesmo o seu presente dependem somente de você. "

Decole Seu Futuro: Quais os principais erros que os Mecânicos de Manutenção de Aeronaves cometem na sua carreira?

Evandro Ferreira: Acredito que o principal erro é achar que os tempos não mudam e entrar na zona de conforto e  ficar sem se atualizar, sem tirar suas carteiras, manter um inglês técnico medíocre, etc. Muitos acreditam que tempo de casa é igual à estabilidade e não é.

Decole Seu Futuro: Qual a importância de ter o inglês técnico para trabalhar com a manutenção de aeronaves?

Evandro Ferreira: O Técnico de Manutenção tem por obrigação, cobrada pelas autoridades e pela empresa, a usar o manual de manutenção em todas as suas atividades; considerando que a grande maioria dos manuais são em inglês e que os reportes de manutenção também o são, o inglês é no mínimo fundamental.

Decole Seu Futuro: Para os mecânicos que querem ingressar na carreira, quais as coisas mais importantes? Como seriam os estágios? Como alguém sem experiência pode iniciar nesta profissão?

Evandro Ferreira: Estamos em plena recessão e a indústria da aviação está passando por um período de crise como em muitos outros setores e isso leva muitos profissionais a desanimarem, porém é conhecido que o mercado brasileiro da aviação irá voltar a crescer em breve.

Pra quem quer entrar na área, eu aconselho a não desanimar (se realmente é isso que você quer como profissão!).

Invista em suas carteiras e no inglês. É fundamental que o profissional mantenha seus contatos em dia, participe de grupos e sempre envie e atualize o seu currículo.

Aprendi que a oportunidade sempre vem para quem está preparado, mas não na hora que queremos.

Você gostou dessa entrevista! Deixe a sua opinião.

Ficou interessado em tirar suas carteiras?

 

VEJA AQUI

Facebooktwitteryoutubeinstagram

5 comentários em “O que aprendi nos 26 anos na manutenção de aeronaves

  1. Muito bom,ouvir profissionais que tem uma longa experiencia em Mecanico em Manutenção de Aeronaves.Obrigado pelas dicas e continuemos a estudar para atingir as nossas metas.Obrigado pelas dicas.

    1. Olá Dyan! Tudo fica mais fácil quando amamos o que fazemos! Fazemos votos de que continue acompanhando nossas publicações e sejam sempre bem-vindas suas sugestões e comentários! Grande abraço!

  2. Muito interessante a entrevista com um grande profissional da aviação, espero ter dedicação e foco para alcançar êxito na minha área profissional.

Deixe uma resposta

*