Mecânico de aeronaves nas forças armadas: o que fazer para realizar este sonho?

Ingressar no exército, marinha ou aeronáutica é o sonho de muitos jovens. Seja pela adrenalina, pela possibilidade de proteger o país e mostrar seu amor à pátria ou até mesmo pelo retorno financeiro e estabilidade proporcionada. Inclusive, uma das possibilidades é entrar como mecânico de aeronaves nas forças armadas.

Quem está trabalhando em alguma área da aviação pode, se preencher os requisitos necessários, participar de algum dos diversos editais de convocação que são feitos pelo governo.

A seguir, vamos explicar um pouco melhor pra você, apaixonado por mecânica, como é possível ingressar nas forças armadas e realizar o sonho de trabalhar com o que gosta e proteger o seu país.

Qual curso fazer para se tornar mecânico de aeronaves nas forças armadas?

Para se tornar um mecânico de aeronaves nas forças armadas, ao contrário do que muitos podem pensar, não é preciso ser formado em uma escola militar, nem precisa estar na faixa dos 18 anos.

Os editais de convocação para mecânicos de aeronaves nas forças armadas são destinados àqueles que se voluntariam à prestação do Serviço Militar Temporário. Ou seja, não é obrigatório e serve para qualquer cidadão brasileiro abaixo dos 45 anos que se encaixe nos requisitos mínimos da vaga.

Nesse caso, para esta função, é exigido apenas que o futuro militar tenha curso técnico em alguma das três áreas da mecânica de aeronaves: GMP, Célula ou Aviônicos. Inclusive, o curso de Mecânico de Aeronaves semipresencial da AeroTD aparece como uma excelente opção para qualquer pessoa do território nacional que queira se preparar para oportunidades como essa.

Como funciona o edital para esta vaga?

Este tipo de edital que seleciona profissionais de nível médio voluntários à prestação de serviço militar, costuma acontecer anualmente e dispõe de vagas para diversas áreas dentro das forças armadas.

Para participar é preciso fazer a inscrição, assim que for divulgada a abertura de edital. Então, os candidatos passarão por etapas de classificação na Avaliação Curricular; comparecimento na concentração inicial; entrega dos exames, avaliações e laudos médicos; aprovação na inspeção de saúde; concentração final e habilitação à incorporação.

Se passar por todas as etapas do concurso e for incorporado, será declarado Terceiro-Sargento, sendo incluído no quadro de sargentos da reserva e deverá realizar o Estágio de Adaptação de Praças, que se destina a adaptar e preparar os incorporados às condições peculiares do Serviço Militar Temporário e ao exercício das demais atividades militares, principalmente no âmbito do Comando da Aeronáutica.

Como é a carreira de um mecânico de aeronaves nas forças armadas?

A carreira de um mecânico de aeronaves nas forças armadas se inicial com a inclusão no Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica (CFS), pelo qual o convocado é submetido após aprovado. Este curso tem duração aproximada de dois anos e é ministrado sob regime de internato militar.

Quem deseja se tornar mecânico de aeronaves nas forças armadas deve, portanto, passar por estas instruções nos campos geral, militar e técnico-especializado, se tornando, além de aluno, militar da ativa.

Se aprovado, o aluno será promovido terceiro-sargento (atualmente o soldo do posto é R$ 3.825, de acordo com a tabela de remuneração da FAB) e será distribuído e classificado nas Organizações Militares (OMs) do Comando da Aeronáutica (Comaer), abrangendo todo o território nacional, de acordo com a necessidade da Administração.

Após a conclusão do curso de formação, o militar é promovido a cada período de sete anos, passando de terceiro sargento para segundo e primeiro sargento, até a graduação de suboficial.

Como suboficial ou primeiro sargento, pode concorrer ao Estágio de Adaptação ao Oficialato (EAOF) e atingir o posto de capitão.

Após dez anos na especialidade será possível ingressar no Curso de Formação de Oficiais Especialistas (CFOE), que pode levar o militar ao posto de tenente-coronel. Para isso, é necessário ter as promoções por merecimento e ser aprovado em concurso interno.

Dê o primeiro passo para sua carreira nas forças armadas

Para ajudar você a entender melhor como é a carreira de um mecânico de aeronaves nas forças armadas, deixamos abaixo um ótimo vídeo da FAB que conta um pouco mais sobre a rotina deste profissional.

Além disso, você pode se inscrever em nosso curso de mecânico de aeronaves semipresencial agora mesmo e começar a trilhar o seu caminho de sucesso!

 

 

Fontes:

https://todosabordo.blogosfera.uol.com.br/2015/06/11/mecanico-de-aeronaves-pode-se-formar-a-distancia-e-ganhar-ate-r-12-mil/

http://concursos.correioweb.com.br/app/noticias/2019/02/19/noticiasinterna,39176/fab-abre-inscricoes-do-concurso-ofertando-227-vagas.shtml

http://www.fab.gov.br/noticias/mostra/18083/ESPECIALISTAS-DA-FAB---De-recruta-a-oficial-especialista-em-avi%C3%B5es

http://www.fab.mil.br/noticias/mostra/31701/SELE%C3%87%C3%83O%20-%20FAB%20abre%20inscri%C3%A7%C3%B5es%20para%20mais%20de%20800%20vagas%20de%20n%C3%ADvel%20t%C3%A9cnico

http://www2.fab.mil.br/eear/index.php/2015-06-02-14-14-44?layout=edit&id=166

Guilherme Santos é especialista em criação de conteúdo e marketing digital.

Trabalha como escritor freelancer e é apaixonado pela aviação desde o seu primeiro voo de Cesna no Flight Simulator 98.

Facebooktwitteryoutubeinstagram

2 comentários em “Mecânico de aeronaves nas forças armadas: o que fazer para realizar este sonho?

    1. Olá Clesio! Obrigado por acompanhar o blog Decole Seu Futuro! Seu contato de email já foi encaminhado para a equipe de atendimento da AEROTD que lhe passará todas as informações do curso de Mecânico de Aeronaves!
      Tenha uma boa semana!

Deixe uma resposta