Dicas de currículos para profissionais da aviação civil

Você sabia que existem critérios para a elaboração de um currículo?

Pode parecer bobagem, mas muitas vezes um profissional qualificado acaba perdendo a oportunidade de ingressar no mercado de trabalho em função de um currículo mal elaborado, além disso, jovens que não possuem experiências profissionais também podem entrar no mercado competitivo se levar em consideração as DICAS PARA ELABORAR UM CURRÍCULO que a Psicóloga Clarissa Lima preparou.

1 - DOCUMENTAÇÃO E DADOS PESSOAIS

Este deve ser o primeiro item do seu currículo e nele deve conter seu nome completo, seus números de telefone, um endereço de e-mail. Caso você tenha restrição de horário para atender o telefone, é sempre bom deixar o número de outra pessoa para recado (não se esqueça de avisar a pessoa e orientar a forma de atender o telefone caso façam contato)

Em relação ao endereço de e-mail, evite utilizar coisas como gatamorena63@..., fulanobadboy@..., ou seja, e-mails que não passam credibilidade, o ideal é fazer uma conta com o seu nome e sobrenome.

Não se esqueça de atender a todas as ligações (esteja atento!!). Muitas vezes as empresas ligam de números com o DDD diferente do seu ou até mesmo como número desconhecido!

Cheque diariamente seus e-mails, inclusive a caixa de spam ou lixo eletrônico.

Parece bobagem, mas há muitos casos nos quais as empresas não conseguem contatar o candidato através dos dados do currículo!

Além disso, devem constar no currículo, a data de nascimento, o endereço residencial, a nacionalidade e a naturalidade (cidade e estado de nascimento)

Estas são as informações básicas para qualquer currículo.

Sobre a documentação a ser colocada, vai depender do cargo, por exemplo, se você pretende uma vaga de comissário de voo, mecânicos de manutenção e pilotos é imprescindível disponibilizar CPF, Código da ANAC (o ideal é que seu CMA – certificado médico aeronáutico – esteja dentro da validade, no caso dos comissários e pilotos) e Passaporte (caso tenha).

Para a companhia aérea não faz diferença a cor dos seus olhos ou cabelos, por tanto, esta é uma informação desnecessária, mas é importante colocar sua estatura e se desejar, seu peso.

2 - FOTO

A foto no currículo, de modo geral, não é utilizada, mas em alguns casos, como a função de comissário de voo, é interessante colocar. Mas lembre-se de que a foto não serve para mostrar se você é bonito ou feio e sim para que o selecionador possa ter uma primeira impressão de como você se apresenta.

Não coloque fotos estilo book fotográfico (a não ser que o cargo pretendido seja o de modelo), não use fotos recortadas de festas ou outras ocasiões. O ideal é que a foto seja feita em estúdio fotográfico, mas se não puder fazer este investimento, faça uma foto com um fundo neutro (uma parede branca ou azul claro) e uma boa iluminação.

Não use acessórios chamativos como brincos grandes ou piercings.

Para os homens, o cabelo deve estar bem penteado e preferencialmente sem barba, caso utilize barba, ela deve estar bem aparada.

Para as mulheres, os cabelos devem estar presos e bem penteados ou se não ultrapassarem a altura dos ombros, podem ser utilizados soltos, mas sempre bem alinhados.

Em relação à maquiagem, opte por um estilo mais sóbrio, cuide para não carregar nos tons fortes, sobretudo nos olhos. Antes de se maquiar para fazer a foto do currículo, procure saber quais são os tons de maquiagem que combinam mais com seu tom de pele e seus traços, pois uma sombra azul e um batom vermelho, por exemplo, podem não cair bem em algumas pessoas. Essas dicas também valem para o dia da entrevista!

 

3 - IDIOMA

Como para a aviação ter um segundo idioma é algo importante, este item pode ser destacado, Porém seja honesto com o seu nível ao empregador. Qualquer entrevistador habilitado consegue descobrir em minutos de conversa se o seu grau de proficiência condiz com o informado. Isso pode gerar desconforto e desconfiança com relação a sua idoneidade;

4 - EXPERIÊNCIAS PROFISSIONAIS

Se você já trabalhou em muitos locais diferentes, selecione e considere somente aqueles que irão contribuir para o cargo pretendido, pois assim não irá sobrecarregar o currículo com informações desnecessárias. Não se esqueça que a disposição no currículo deve ser do emprego mais recente ao mais antigo, ou seja, primeiro você coloca as experiências mais atuais.

Caso você não tenha muitas experiências profissionais ou até mesmo nunca tenha trabalhado, deve colocar a verdade e nunca inventar dados para impressionar o selecionador. Acredite: o selecionador vai saber na entrevista que você não está sendo honesto.

Também são válidas experiências em Empresas Júnior da Escola ou da Faculdade, trabalhos voluntários ou temporários. (aliás, essa é uma grande dica para driblar a falta de experiência, caso você nunca tenha trabalhado anteriormente).

5 - FORMAÇÃO ACADÊMICA E OUTROS CURSOS

Deve ser informado o último grau de escolaridade, ou seja, quem não tem nível superior deve citar o nível médio, e assim por diante. A descrição deve ter o nome da instituição, curso e ano de conclusão ou previsão de término.

No caso de quem não tem experiência profissional, é importante procurar se destacar de outras formas, como por exemplo, para o caso de comissário(a) de voo, cursos que contribuam para sua vida profissional, como de primeiros socorros, de atenção ao cliente, de atendimento à pessoas com deficiência, de liderança, entre outros. Cursos que não contribuem para o cargo pretendido são dispensáveis, como por exemplo, corte e costura confeitaria, digitação, entre outros...

Lembrando que cada vez mais o mercado de trabalho procura por candidatos que tenham uma formação superior. Busque por cursos que irão acrescentar positivamente na área que você pretende atuar, por exemplo, se você quer atuar na área da aviação, de nada serve um curso de moda, ou gastronomia, opte por formações mais específicas, como por exemplo cursos tecnólogos que tem a duração mais curta e possuem uma abrangência com foco nas aplicações dos conhecimentos em processos, produtos e serviços, como por exemplo o Curso Superior de Tecnologia no Transporte Aéreo.

6 - O QUE NÃO COLOCAR NUM CURRÍCULO:

  1. Título “currículo vitae” ou “currículo”
  2. Nome dos pais, marido ou esposa e filhos;
  3. Referências pessoais (contatos de pessoas que podem falar sobre o profissional não devem ser indicados);
  4. Pretensão salarial;
  5. Cartas de referência;
  6. Certificados de cursos realizados;
  7. Data e assinatura;
  8. Habilidades e qualidades.

 

7 - IMPRESSÃO DO CURRÍCULO

Opte por um papel com uma gramatura maior, pode ser texturizado e até mesmo colorido (em tons clarinhos ou pastéis)

Se for imprimir a foto, certifique-se que ela ficará nítida, sem borrões ou meio apagada, caso não tenha uma boa impressora, o ideal é colar a foto mesmo.

Um currículo diferente pode se destacar entre os demais, mas tome cuidado para não exagerar! É importante passar uma imagem séria.

 

8 - REDES SOCIAIS

De nada serve um currículo bem elaborado, claro e objetivo se você não tomar os devidos cuidados para manter uma imagem de pessoa responsável e cortês.

Muitas pessoas não sabem utilizar adequadamente suas redes sociais, mas é importante saber que atualmente grande parte das empresas consultam nas redes sociais o perfil dos seus candidatos.

Portanto, evite se expor excessivamente com comentários de ódio ou muito polêmicos, cuidado também com as fotos em situações constrangedoras (alcoolizado, cometendo atos ilícitos ou promíscuos) ou íntimas (de pijamas ou roupa interior) essas também devem ser evitadas.

Este texto é de autoria de

CLARISSA IBAÑEZ DE LIMA

Psicóloga e Psicanalista - CRP 12/13686
Facebooktwitteryoutubeinstagram

6 comentários em “Dicas de currículos para profissionais da aviação civil

  1. Boa Tarde! Meu nome é Flávio, sou do RJ e gostei muito das informações sobre o assunto, como preencher e imprimir um currículo na área de Aviação Civil! Vocês me ajudaram com bastante clareza e transparência! Agradeço a todos da equipe! Abraços

    1. Obrigado por acessar o blog Flávio! Qualquer dúvida você pode falar com a nossa equipe de atendimento, que teremos prazer em lhe ajudar!
      Aero TD: (48) 3223 5191
      Comercial: (48) 9 9655 3259 – 9 9681 7971 aerotd@aerotd.com.br

      Grande abraço!

  2. Tenho forte interesse em trabalhar em alguma aviação aérea, mas na hora de fazer o currículo é pedido pra que eu coloque qual área de pretenção e não sei o que colocar porque não tenho conhecimento de como são chamados os cargos e não sei qual eu poderia colocar pra mim! Podem me ajudar ?
    No momento estou estudando nível superior e não tenho nenhuma experiência em aviação.

    1. Olá Thais!
      O seu contato de email já foi encaminhado para a equipe de atendimento da Aero TD e irá te orientar sobre as áreas que você poderá atuar, pois muitas delas requerem cursos que são devidamente homologados pela ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil e a Aero TD tem 20 anos de experiência na formação de profissionais do setor. Em breve falaremos.

      Fazemos votos que continue nos acompanhando aqui no Blog.

      Grande abraço!

    1. Olá Carolina!
      Você pode utilizar o mesmo formato de currículo feito para os comissários!
      Achamos interessante você dar uma boa olhada nessa matéria: http://www.aerotd.com.br/decoleseufuturo/depoimento-da-comissaria-de-voo-cintia-rocha-aero-td-ead/

      Ficamos a disposição para esclarecer quaisquer dúvidas!
      Estes são os contatos de nossa equipe de atendimento: (48) 9 9655 3259 – 9 9681 7971

      Vamos nos falando! Grande abraço!

Deixe uma resposta

*