Carreira na aviação: 5 dicas para realizar o sonho de pilotar

A capacidade de voar sempre fascinou os seres humanos. Desde os primórdios da civilização os homens olhavam os pássaros com o desejo de poder ter asas e voar pelos céus. Leonardo Da Vinci foi um dos que tentaram criar algum veículo que pudesse levantar voo e nos aproximasse dos pássaros. Mas foi no começo do século XX que o sonho se tornou realidade com os aviões criados pelos irmãos Wright e o brasileiro Santos Dumont. Ambos, em momentos e situações diferentes deram passos importantes para criar as bases do que é a aviação hoje.

Assim como Da Vinci, Dumont, os Wright e milhares de pessoas ao longo da história, você provavelmente também tem o sonho de levantar voo e ver tudo lá do céu. Fazer carreira na aviação e se tornar um piloto, ao contrário do que muitos pensam, pode, sim, ser acessível. E se esse é seu sonho, fique atento às nossas dicas. Você vai ver que o céu não vai ser o limite!

1 Esqueça o mito de que seguir carreira na aviação é caro e inacessível

Quando se fala em piloto de avião a maioria pensa que é preciso ter rios de dinheiro para poder pagar todas as aulas práticas. Mas isso não é bem assim. Claro que não é tão fácil e rápido chegar ao posto de piloto de uma grande companhia aérea, mas existem alguns caminhos que você precisa conhecer para saber que o mito de seguir carreira na aviação é caro e inacessível.

Para que fique bem claro e que esteja de acordo com o RBAC 61, para trabalhar na área da aviação, é necessária a licença de Piloto Comercial, que é obtida com 150 horas de voo ou 140 + 25 horas de simulador, quando IFR.

No entanto, o que muita gente esquece, é que é possível iniciar a carreira como instrutor, para que se possa fazer uma economia significativa nos investimentos com as horas de voo.

Fazendo um comparativo com um curso superior de Direito, que dura 05 anos por exemplo, você chegará a conclusão de que um curso de piloto comercial é equivalente ao mesmo investimento.

E falando em curso superior, você precisa conhecer as vantagens de se fazer um curso superior de Ciências Aeronáuticas, como veremos no item a seguir.

2 Trabalhe em outras áreas do setor aéreo para ganhar experiência e dinheiro

O curso de Ciências Aeronáuticas é o mais indicado por ser um curso superior, além de não ter uma mensalidade cara, a maioria das Cias Aéreas exigem menos horas de voo e ao final das aulas teóricas você sai capacitado para, inclusive, trabalhar na área administrativa, antes de tirar sua licença de piloto comercial.

Aliás, uma ótima dica é já buscar vagas em outros cargos e aproveitar as oportunidades da área administrativa da aviação. Dessa forma você se familiariza com todos os processos, aprende mais, consegue já ganhar dinheiro trabalhando na área em que pretende atuar e faz contato com mais pessoas, o que pode lhe abrir portas no futuro.

3 Network é fundamental

Como já mencionamos, trabalhar em outras áreas pode te ajudar a conhecer mais pessoas. Portanto, aproveite todas as oportunidades que tiver de estar perto dos colegas de curso, de trabalho e em eventos do setor aéreo. Aperte muitas mãos e troque muitas experiências. Isso vai fazer uma grande diferença em sua carreira.

Quanto mais gente você conhecer, mais vai aprender sobre o que elas já viveram neste ramo. Vai saber de novas oportunidades. Vai poder criar laços cada vez mais fortes que farão uma grande diferença em sua carreira na aviação.

4 Praticar é primordial para um piloto de avião

Pra chegar ao posto de comandante de uma aeronave em uma companhia aérea você vai precisar praticar muito. Mas ainda não será o bastante.

Durante o processo, não se atenha apenas as aulas práticas em avião. Busque praticar em simuladores, passar por situações de risco e, inclusive, praticar também as rotinas de voo e comunicação com torre, aeronaves e outros procedimentos técnicos.

Essa prática “extra” vai trazer muito mais know-how para você e vai contribuir demais para a sua carreira na aviação.

5 Do you speak english?

Se you don’t speak english, meu friend, you tem que aprender, now! Não se limite a apenas o que o curso de piloto de avião ensina. Apesar de ser fundamental e de grande importância, para alavancar sua carreira na aviação e se tornar um piloto diferenciado, você precisa falar inglês bem de verdade. Saia do “embromation”.

Em outro post com dicas para pilotos nós já falamos da importância do network, da prática e de saber inglês. Grande parte dos manuais das aeronaves e as comunicações técnicas usadas durante um voo usam termos nesta língua.

Outra dica é não parar só no inglês. Quanto mais línguas você dominar, mais completo você será. Isso vai agregar muito mais valor ao seu currículo, além de proporcionar que você conheça pessoas e oportunidades em diversos lugares do mundo.

Comece agora a seguir estas dicas, veja como você pode ingressar em um curso de piloto de aviões e decolar sua carreira. Não deixe de tirar suas dúvidas nos comentários, criar suas asas só depende de você!

Facebooktwitteryoutubeinstagram

2 comentários em “Carreira na aviação: 5 dicas para realizar o sonho de pilotar

  1. Para trabalhar na área da aviação, é necessária a licença de Piloto Comercial, que é obtida com 150 horas de voo ou 140 + 25 horas de simulador, quando IFR. Não se deve dizer que pode começar a trabalhar antes dessa licença, isso vai contra o RBAC 61. A aviação é sim para todos, mas exige esforço e dedicação. Muitos vão começar como instrutor de voo, assim como eu, mas ainda bem que ninguém nunca disse para mim que seria fácil como vocês disseram, assim já cheguei preparado.

    1. Olá Leonardo!
      Primeiramente, gostaríamos muito de lhe agradecer por externar sua opinião.
      São apontamentos como os seus, que permitem que o conteúdo deste blog se torne muito mais rico, pois são baseados na experiência e realidade do setor.
      Já fizemos as devidas alterações no texto da matéria e esperamos sempre continuar contando com a opinião de profissionais como você!
      O nosso muito obrigado por sua contribuição e um grande abraço!

Deixe uma resposta