Diferenças entre comandantes e copilotos

Uma das coisas que praticamente todo mundo sabe, é que em uma aeronave sempre é necessário ter dois pilotos na cabine de comando, afinal, caso algo aconteça com um deles, o outro pode prestar o suporte necessário. Porém, existem algumas diferenças entre comandantes e copilotos que muita gente não conhece e nós vamos explicar a seguir.

Piloto e copiloto que se fala?

Fonte da Imagem: Google

Apesar da maioria denominar estes dois profissionais como piloto e copiloto, a forma correta de se referir é comandante e primeiro oficial, ainda que algumas companhias aéreas mantenham este segundo sendo chamado de copiloto. Ambos são pilotos e estão aptos a pilotar a aeronave, caso necessário.

O nome “copiloto” pode ter surgido das corridas terrestres, como os ralis, onde um copiloto ajuda o piloto passando informações úteis, guiando e ajudando em diversas funções. Na aviação não é bem assim que acontece, visto que o copiloto faz muito mais do que apenas passar informações e prestar suporte ao comandante.

A maior diferença entre comandantes e copilotos está em suas atribuições e responsabilidades durante o voo.

Principais diferenças entre comandantes e copilotos

Fonte da Imagem: Google

A principal diferença entre comandantes e copilotos é a atribuição e a responsabilidade de cada um dentro da aeronave. Um comandante é o responsável por toda a operação e pela segurança do avião.

Geralmente o comandante é denominado como Piloto em Comando ou PIC (Pilot in Comand). É ele quem senta à esquerda no cockpit e a palavra final sobre qualquer questão dentro do avião deve partir dele.

Na grande maioria das vezes o comandante também acumula mais horas voadas na carreira e possui uma habilitação específica para esta função. No entanto, é possível que dois profissionais com habilitação para serem comandantes trabalhem juntos, neste caso, um deles será denominado como o PIC e o outro será o SIC (Second in Comand).

Uma atribuição exclusiva do comandante da aeronave é registrar nascimentos e óbitos, fazer a guarda de valores e decidir sobre o adiamento da partida do avião em caso de más condições para decolagem.

Comumente conhecido como copiloto, o Primeiro Oficial (First Officer ou F/O) é o segundo em comando (SIC) na cadeia hierárquica de uma aeronave. Sua função é auxiliar o comandante da melhor forma possível, operando sistemas da aeronave, ajudando na tomada de decisões e pilotando quando necessário. Na ausência ou incapacidade do Comandante, ele passa a atuar como primeiro em comando.

Comandantes e copilotos podem controlar o avião

Fonte da Imagem: Google

Ao contrário do que muitos pensam, controlar o avião não é uma atribuição exclusiva do comandante. Principalmente em voos mais longos, piloto e copiloto se alternam no comando da aeronave.

Existe na aviação as funções de Piloto Voando (Pilot Flying) e Piloto Monitorando (Pilot Monitoring). Segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), piloto voando é aquele “que está efetivamente exercendo o controle direto da aeronave, seja manualmente ou através do uso da automação. Não é necessariamente o comandante da aeronave”.

Já o piloto monitorando é aquele “que está ativamente monitorando as fases do voo, incluindo as ações ou inações do ‘piloto voando’, auxiliando-o no que for necessário”. É ele que presta suporte e verifica se tudo que está sendo executado está de acordo com os padrões e normas de segurança exigidas.

Quando um comandante precisa descansar, por exemplo, pode pedir para que o primeiro oficial, na função de piloto monitorando, se torne o piloto voando. Dessa forma ele deve verbalizar a troca de função e ouvir a aceitação do seu parceiro.

Dentro da cabine todas as informações trocadas precisam ser verbalizadas, bem como o entendimento por parte do receptor. Isso permite mais segurança e, claro, facilita o registro de áudio das conversas para análises posteriores, caso necessário.

Conheça mais segredos sobre a profissão

A melhor forma de conhecer os segredos desta profissão é vivenciando-a. Se você sonha em comandar uma aeronave, pode começar agora mesmo a decolar seu futuro com o Curso de Ciências Aeronáuticas da AEROTD.

Fontes:

https://economia.uol.com.br/todos-a-bordo/2019/11/08/qual-a-diferenca-entre-um-comandante-e-um-copiloto.htm

https://canalpiloto.com.br/voce-e-piloto-ou-copiloto-enderson-rafael


Guilherme Santos é especialista em criação de conteúdo e marketing digital.
Trabalha como escritor freelancer e é apaixonado pela aviação desde o seu primeiro voo de Cesna no Flight Simulator 98.

Facebooktwitteryoutubeinstagram

Deixe uma resposta