Novo aeroporto de Florianópolis inaugurado em 1º de outubro

No dia 1º de outubro de 2019 foi inaugurado o novo aeroporto de Florianópolis. O tão esperado empreendimento chega para aumentar a capacidade do terminal de passageiros e dar mais conforto ao público, que passará a contar com uma infraestrutura moderna, comparada aos melhores aeroportos do mundo.

Uma reclamação recorrente de passageiros e tripulantes é que o antigo terminal era pequeno, com infraestrutura precária, sem conforto, algo que não era compatível com uma cidade turística e desenvolvida como Florianópolis.

Novo aeroporto de Florianópolis foi concebido pela iniciativa privada

O que permitiu a construção do novo aeroporto de Florianópolis foi a concessão da administração para a iniciativa privada, em março de 2017.

A empresa suíça Zurich Airport ganhou a concessão de operação total por 30 anos. Logo após assumir a gestão, iniciou a reforma e ampliação do terminal de passageiros e criação de demais estruturas, totalizando R$ 570 milhões em investimentos.

Novo aeroporto de Florianópolis chamado Floripa Airport
Fonte da Imagem: Google

O novo aeroporto de Florianópolis conta agora com um novo terminal, com 49 mil metros quadrados (área quatro vezes maior que o antigo terminal) e capacidade para 8 milhões de passageiros por ano. Além disso, foi criado o Boulevard 14/32, a primeira grande praça de eventos, lazer e compras entre aeroportos brasileiros.

Floripa Airport com praça de alimentação Boulevard 14/32
Fonte da Imagem: Google

O novo aeroporto de Florianópolis ainda contará com um terraço panorâmico, estrutura pouco comum nos aeroportos brasileiros, que permitirá que passageiros acompanhem pousos, decolagens e toda a movimentação de aeronaves de forma confortável e segura.

O projeto de renovação do terminal já vinha sendo planejado desde a época em que o aeroporto era de responsabilidade da Infraero. Na época, o projeto da estatal era menor, com apenas 5 plataformas de acesso (hoje são 10) e houve a promessa de entrega em 2014, que não aconteceu.

Logo após assumir o controle do aeroporto, a Zurich Airport aumentou e melhorou o projeto inicial previsto pela Infraero e colocou tudo em funcionamento no prazo de menos de dois anos.

Projeção de crescimento e desenvolvimento de todo o setor

Junto com o novo aeroporto de Florianópolis, chegam também números e projeções que prometem dar uma nova vida ao setor aéreo catarinense.

Neste mês de outubro, mesmo com a recente abertura do novo terminal, já se espera um aumento de 3% no número total de voos. Terão mais voos para as principais rotas de São Paulo — Congonhas (+10%) e Guarulhos (+7%) —, além de um novo voo da Azul para o aeroporto de Confins, na Grande Belo Horizonte (MG) e da Gol para Chapecó.

Além disso, a Sky Airlines passará a ofertar voos para Santiago, no Chile, a partir de novembro e a Flybondi iniciará viagens para Buenos Aires, na Argentina, a partir de dezembro.

Esse aumento na oferta de voos será possível por conta da ampliação do terminal, que agora passa a contar com dez novas pontes de embarque, climatizadas e protegidas da chuva, facilitando o acesso dos passageiros à aeronave, agilizando todo o processo e possibilitando o aumento no número de pousos e decolagens.

Além disso, serão mais de 40 guichês para check-in com sistema de processamento de bagagem automatizado. Também passam de 2 para 8 o número de esteiras para restituição destas bagagens no desembarque. Isso permitirá dobrar a capacidade de cargas transportadas no novo aeroporto de Florianópolis.

40 Guichês de check-in no Floripa Airport
Fonte da Imagem: Google

Além do aumento do número de voos, passageiros e cargas transportadas, o Floripa Airport contará com mais lojas e opções de entretenimento para o público. Foi inaugurada a primeira cafeteria Starbucks do estado, porém, a administração pretende ter pelo menos 50% dos estabelecimentos gerenciados por marcas locais.

Starbucks no Floripa Airport
Fonte da Imagem: Google

O principal objetivo é trazer conforto e comodidade, sem esquecer de dar ao novo aeroporto de Florianópolis a “cara” da região, com todo o aconchego e animação do povo da ilha da magia.


 

Guilherme Santos é especialista em criação de conteúdo e marketing digital.
Trabalha como escritor freelancer e é apaixonado pela aviação desde o seu primeiro voo de Cesna no Flight Simulator 98.

Facebooktwitteryoutubeinstagram

Deixe uma resposta