O que a história do pai que passa todos os natais a bordo com a filha aeromoça nos ensina?

A rotina de uma aeromoça é muito dinâmica. O avião vira uma segunda casa. A sua mala passa a ser sua melhor amiga. É comum ver comissários acordando durante a madrugada, trabalhando em feriados e finais de semana. De fato, é uma rotina diferente do “padrão”.

Quem não gosta de monotonia, tem o desejo de sempre conhecer novos lugares, culturas e pessoas, encontra na profissão de comissário de voo uma excelente opção. Porém, em alguns momentos será necessário ficar longe daqueles que amamos, mesmo em momentos importantes.

A história do pai que passou o natal voando com a filha aeromoça

Essa história viralizou nas redes sociais depois que Mike Levy, a divulgou em seu perfil do Facebook. Ele sentou ao lado de um pai que acompanhava a filha comissária, ficou emocionado com a história e resolveu compartilhar com mais pessoas.

Hal Vaughan, pai da aeromoça Pierce, ao saber que sua filha precisaria passar o período do Natal trabalhando, tomou a decisão de acompanhá-la em todos os voos que ela fizesse durante o natal.

Fonte da Imagem: Google

Já que a filha não poderia deixar o trabalho para passar o natal em família, a família foi até o seu trabalho para celebrar esse momento de união e amor.

Mike Levy escreveu o seguinte em sua rede social:

“Tive o prazer de sentar ao lado de Hal em meu voo de volta para casa. Sua filha, Pierce, era nossa aeromoça e tinha que trabalhar durante o Natal. Hal decidiu passar o feriado com ela. Então, ele está voando em cada um dos voos dela pelo país, hoje e amanhã (…). Que pai fantástico! Desejo aos dois um feliz natal.”.

O comissário está sempre viajando nos feriados?

Fonte da Imagem: Google

Os comissários também têm direito a pelo menos 8 dias de folga no mês, sendo comum que as cias aéreas concedam mais que isso. Além disso, ao final de cada dia de trabalho o profissional tem direito a, no mínimo, 12 horas de repouso.

Ainda existem possibilidades de escalas casadas, para casais que trabalham juntos na mesma cia aérea possam ter sempre os mesmos horários de trabalho e folga. Tem também a opção de apenas folga casada, para que apenas os horários livres coincidam. Assim, durante o horário de trabalho cada um pode ir para um lugar diferente, mas na folga podem ficar juntos.

Então, uma aeromoça nem sempre estará longe de sua família em momentos importantes. É possível escolher folgas durante o mês e se programar para passar mais tempo com aqueles que ama.

Outras vantagens de ser comissário de voo

A vida de uma aeromoça, apesar de muito intensa, dinâmica e desafiadora, tem grandes vantagens. É possível conhecer diversos lugares e culturas, os salários e benefícios são ótimos, os familiares também ganham descontos ou passagens aéreas de graça, dentre outras facilidades que, inclusive, citamos em outro artigo postado anteriormente em nosso blog.

Enquanto você demoraria anos para conseguir uma vaga no emprego dos seus sonhos, recebendo um bom valor e com diversos benefícios, como comissário de voo, você já está apto a trabalhar logo após 6 meses de ingresso em nosso Curso de Comissário de Voo.

Há ainda a possibilidade de fazer um Curso Superior de Tecnologia em Transporte Aéreo, que também deixa o aluno apto a trabalhar em 6 meses e ainda permite continuar a graduação para se tornar um profissional completo com o diploma de um curso superior, o que é um atributo muito bem visto pelas empresas aéreas na hora de fazer uma contratação.

Apesar de ter uma rotina muito atribulada, uma aeromoça pode passar momentos importantes com sua família, como esta história mostra. Afinal, quando há amor e carinho verdadeiro, nem o céu é o limite.

Fontes:

Pai viaja com filha aeromoça todo Natal para que ela não se sinta sozinha

 

Guilherme Santos é especialista em criação de conteúdo e marketing digital.
Trabalha como escritor freelancer e é apaixonado pela aviação desde o seu primeiro voo de Cesna no Flight Simulator 98.

Facebooktwitteryoutubeinstagram

Deixe uma resposta